domingo, 24 de julho de 2011

Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos.


A gente não precisa de certezas estáticas. 
A gente precisa é aprender a manha de saber se reinventar. 
De se tornar manhã novíssima depois de cada longa noite escura. 
A gente precisa é saber criar espaço, não importa o tamanho dos apertos.

7 comentários:

• cláudiasofiagomes disse...

força <3

Meire disse...

Rô querida, desejo que vc crie espaço para caber as coisas mais lindas e leves que a vida pode te proporcionar, porque ela tem muitas!
bjokitas com carinho, que nessa semana vc tenha muitas surpresas boas!!!

:)

Tati Lemos disse...

Oi Rô, só o titulo do post ja disse tudo a gente tem que se reinventar mesmo, saber criar nossos próprios limites e gozar das coisas que a gente tem, mesmo que sejam pouquíssimas, nós a temos.


Beijo

Andressa disse...

se o aperto for abraço, nem precisa de espaço :)

Natália Rocha disse...

Porque sempre tem uma saída para um lugar onde aquilo que queremos e que sonhamos é real. A gente sempre consegue se renovar, reinventar, porque como diria a própria Ana, se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes.

Desejo que você sempre tenha essa certeza, Rô!

beeijo, querida!
Semana iluminada pra você!

нєllєи Cαяoliиє disse...

Lindooo!
Precisamos nos reinventar e sermos nova a cada amanhecer,tal como ele surge...sempre novo :)
Ótima semaninha pra ti,Querida Rô!
Beijos

angel red disse...

Esse processo é uma constante em nossa vida. De tempos em tempos o mundo enjoa da gente e temos que nos reinventar. Mas sempre sabemos como. A própria vida nos conduz. Boa sorte.
Bjoks