quinta-feira, 23 de junho de 2011

 "Existem saudades que sabem rir. São as minhas preferidas. Algumas, nascem sabendo. Outras aprendem, depois de transformar o choro. Como borboletas, voam pelos jardins da memória, abraçam as lembranças mais viçosas, e saboreiam o néctar, sempre disponível, das alegrias perenes." Ana Jácomo

10 comentários:

ATÉ QUANDO VAI DOER? disse...

Engraçado, somos parecidas na maneira de sentir e enxergar o mundo..vc tem toda razão, o amor anda meio esquecido!!
Ah" Adorei esse seu post sobre saudades...mandou mto bem! :)
Bjkas da Val

Natália Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natália Rocha disse...

Ah, essa saudade teima em borboletear por aqui, sempre vem e se entrelaça nas lembranças mais doces.

Linda postagem, Rô!

Bom feriado pra ti!

beeijo*

Ciara Gomes disse...

Adorei o post.
Linda mensagem sobre saudade, sinto uma saudade desse tipo...

Um feriado abençoado!
Xerim

Daniela disse...

acabei de colocar um post do Mario la no meu blog , onde ele fala das borboletas , enfim , temos mesmo é que cuidar desse jardim da saudade por que quando as borboletas voltarem ela precisam ter ali o lugar acolhedor
e se elas não voltarem , apenas vamos viver de saudade !

beijos *-*

нєllєи Cαяoliиє disse...

é o tipo de saudade que às vezes começamos a nos acostumar,vira e mexe vejo voando ao meu redor e pousando em meu coração!
Lindíssimo este pensamento de Ana :)
Beijo,Linda Rô!

Natália Rocha disse...

Selinho pra você no meu cantinho, espero que goste, depois dá uma olhada lá, Rô ^^

http://mensagensdeumaentediada.blogspot.com/p/mimos.html

beeijo!

ღ Sensitivity ღ disse...

As saudades que me fazem sorrir, também são as minhas prediletas. Lindo texto da maravilhosa escritora Ana Jácomo. Beijinhos.

Ana disse...

Sim, é um desafio muito giro. Faz também :)

Ludi disse...

"Saudade até que é bom, é melhor que caminhar vazio..." Eu creio nisso!