terça-feira, 14 de junho de 2011

Me desculpe...

 ... mas eu não acredito no amor. Eu até queria acreditar, mas a vida vem me obrigando a fazer o contrário." Caio Fernando Abreu

8 comentários:

Nath Rocha disse...

Mas há de se amar mesmo depois de ter sofrido, já dizia Guimarães Rosa, viver é assim mesmo, Rô.

Caio sempre intenso, amo!

beeijo*

Natália Santos disse...

Duro, intenso...

Visitando aqui pela primeira vez.Gostei. Beijos.

Tatá disse...

bah, sou nova no teu blog. Amei demais a frase do Caio. Cheia de sentimento. Um mimo.
beijo!

@taataah__

нєllєи Cαяoliиє disse...

Triste e intenso essa frase!
e por mais que acumule-se dor do que alegria,não deve deixar de acreditar,um dia ele vem completinho!
Rô,que saudades daqui.
Mil desculpas pela ausência,seu blog ficava nos meus favoritos pois não conseguia ver quando postava,vou favoritar novamente!
Um beijo enorme.
Linda Quarta pra ti!

нєllєи Cαяoliиє disse...

Ps: agora entendi porque não via as atualizações,eu jurava que te seguia,mas vi que não seguia,ou é eu,ou é o blog kkk.
Beijo,Amada!

Telma Palma disse...

como o compreendo =/

Flá Costa disse...

Que isso, ué?

Acredita sim! Força na peruca, que uma hora ele chega. De alguma forma. Por algum lado!

Beijinho

Ana disse...

ahahah, não devemos ser sempre tão negativas, mas também não devemos ser tolas e acreditar em histórias de encantar.. Deve haver um meio termo. Mas percebo perfeitamente a tua forma de pensar.