domingo, 19 de junho de 2011

Hoje eu acordei com uma tal nostalgia de ser feliz...

"Hoje de manhã eu acordei e fiquei olhando para tudo catatônica, um misto de susto com deslumbramento. Me dei conta de que essa é a pior e a melhor fase da minha vida. Eu nunca andei tão triste e nem tão feliz. Foi difícil enterrar tantos mortos e tantas rotinas, mas está sendo muito fácil viver dentro de mim." Tati

13 comentários:

Ana disse...

Concordo plenamente!

нєllєи Cαяoliиє disse...

Adoro esse pensamento da Tati!
Só difícil qual é que compete mais em mim,se a tristeza ou a pequena felicidade rs.
Linda essa imagem,Rô!
Um beijo,e uma ótima semaninha pra ti!

Tay disse...

UOL, concordo plenamente, esse pensamento descreveu meu momento atualmente rsrs'

bjus =*

Gonçalo disse...

Muito obrigada vai correr tudo bem sim :D

Natália Rocha disse...

Pensamento lindo da Tati!
Quando viver dentro de si se torna fácil é porque se é feliz.
Que seja sempre assim né, Rô!

Fiquei tão feliz com sua visita em meu outro cantinho!


Beeijos*

Ótima semana pra ti!

♪ Sil disse...

Rô,

Todos os dias a gente tem que enterrar tantos mortos e tantas rotinas, pra RE-nascer mais leve.
A gente pode não ser feliz, nem triste, mas quando não dá mais pra viver dentro da gente, a vida acaba.
Que bom, que maravilha é a gente conseguir viver dentro da gente.

Beijooo

ღ Sensitivity ღ disse...

Vamos enterrando esses mortos, enquanto isso vamos alegremente vivendo. Adoro a Tati. Beijinhos.

Manuela disse...

para se viver a melhor coisa que se ten a fzer e enterra os mortos e viver cada dia um novo sepultamento . adoro aqui e a tati *-*

Flá Costa* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flá Costa disse...

ivi uma fase da vida exatamente assim. ou lá em cima, ou lá embaixo.
acho que faz parte...

Beijinhos*

Renata Pessoa disse...

Eu amo visitar esse espaço,
esse blog me transmite uma energia muito positiva,

Boa semana pra ti,

bjuss

ATÉ QUANDO VAI DOER? disse...

Adorei sua visita...seu blog é de uma sensibibilidade ímpar!!
Obrigada pelo carinho...
Bjkas da Val

Marcos de Sousa disse...

É sempre difícil viver sempre de si.

Aprendendo a gostar dos textos da Tati...

Beijos