quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

"Você tem o que eu procuro 
e eu sei disso 
sem nunca termos conversado de verdade. 
Você gostaria de mim, 
se me desse espaço para mostrar.
Eu sei disso."


Às vezes,
mesmo sem espaço,
no aperto,
a gente mostra,
ou pelo menos tenta demostrar o que sente.
Se a outra pessoa,
não estiver disposta,
você até pode tocá-la,
supercialmente,
mas pode ser em vão.
Mesmo assim,
nada melhor do que tentar.
Afinal, como dizem,
o NÃO a gente já tem,
agora temos que buscar o SIM!!!

8 comentários:

Alê disse...

...o coração da gente sempre sabe...

Marcos Paulo disse...

Que bom a felicidade esta caminhando na tua direção. :)
Qto ao texto. Às vezes as pessoas ñ querem ser tocadas...
...Pena.
Super Beijo, Rô!

Camila Sanches e Amanda Sanches disse...

"o NÃO a gente já tem,
agora temos que buscar o SIM!!!"

eu disse isso uma vez para alguém e deu certo hahaha , a continuação da história é que não deu :/ kkk

bjs:*

angel red disse...

Vc comentou meu último post. Procuro pelo sim. O problema é que a outra parte é um gato arisco. Tem mt medo de ser tocado. Mas que na busca do sim nossas almas se engrandeçam e vivam td que há para viver.
Bjoks

Thalita Santos disse...

É assim que penso sempre, o problema é a coragem pra nos permitir tentar (ou não) este SIM.

Adorei o blog!

Luiza Fernandes disse...

Pois é agora vamos buscar o sim, por que de não eu já estou cansada.
Beijos e ótimo final de semana.

Sara Fiel disse...

demonstrar sentimentos é meio complicado ou pode ser muito facil...Mas correr atras do nosso SIM, isso tem que ser sempre.
bjins

Natália Rocha disse...

"Você gostaria de mim,
se me desse espaço para mostrar."

É uma música? Achei lindo!

Rô querida, acho que enquanto houver essa vontade de ouvir o sim há esperança, e de esperança se vive, né? Vamos tentar sempre, o sim, o novo amor, um outro caminho. Sempre há tempo de se encontrar e ser feliz.

Menina, saudades de você!
Ando tão sem inspiração, andei meio doente também, não tava muito bem não, mas tudo está melhorando, rs.

Obrigada viu, Rô? Amo te receber lá no blog.

beeeeeijos!