segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Eu tenho saudade de quando ficava apaixonada e perdia a fome. 
Agora são duas coisas difíceis de acontecer, 
ainda mais ao mesmo tempo.
(Tati Bernardi)

Está realmente ficando difícil de acontecer...
Um amor?
Uma paixão?
Você deve estar de brincadeira...
Nem mesmo um paquerinha eu tenho....

Estou me sentindo bem em minha pele, 
mas a gente sente falta de um sentimento bom,
compartilhado e recíproco.
Por mais independente,
cheia de amigos,
e nos sentindo felizes, 
também sentimos falta de algo mais...

15 comentários:

Alê disse...

Como já disse Ana J. 'os melhores beijos, precisam começar em nós'



Bjkas

Marcos Paulo disse...

Oi, Rô. Como está? Acho que a postagem responde...?! rs... Me sinto parecido. Mas, são picos, tanto bons qto ruins, equilíbrio, sempre...
Beijo e boa semana!

Daniela disse...

é Rô , essa algo mais é que faz uma diferença enorme , dá vontade de viver , e ficamos sorrindo sem motivo e vamos vivendo achando tudo muito lindo . Ah que saudades desse algo mais ...

Bjooos
e uma ótima semana !

Camila Sanches e Amanda Sanches disse...

"mas a gente sente falta de um sentimento bom,"
concordo mto com você, não importa o quão feliz sejamos sozinhas, sempre falta aquela coisa, aquele frio na barriga.

bjs:*

Tati Lemos disse...

aah a gente sempre sente falta.

Beijo flor

Priscila Lima disse...

E como faz falta, mas enquanto não tivermos esse "algo a mais" devemos continuar acreditando!
Bjs

A Escafandrista disse...

A vida nunca está completa e nós nunca estamos totalmente satisfeitos. Por um lado, isso é bom: nós estamos sempre buscando mais e o melhor! Bjs

Letícia Oliveira disse...

Exatamente assim que me sinto! Não poderia ter transmitido melhor!

Beijos!
http://leticiadoliveira.blogspot.com

Debbie disse...

Ola, gostei muito do seu blog, otima mensagem! Estou te seguindo, se puder conheça meu blog tbm.. ^^
Abraço!

Talita disse...

sempre sentimos a falta de alguma coisa, uma amigo, um amor, um sorriso..
mais tudo tem seu tempo e momento certo, e qdo vem, vem com força...

bjsss

Tati Lemos disse...

Passando pra deixar aquele abraço.

Beijo ; **

Ana Rita Profirio disse...

Oi Rô!
Desculpe a ausencia!Problemas na famìlia com papai e marido!
Mas agora estão todos bem!!
Há de chegar aquilo que você sente falta!Quem compartilha sempre recebe de volta!!

Beijinhos querida!!

Ana Agarriberri disse...

Tô pensando da mesma forma, primeiro nós. =)

Beejo.

Natália Rocha disse...

Ai Rô! Me sinto bem em minha pele também, rs. Muito! Há momentos em que, mesmo sentindo falta, o melhor é estarmos numa relação de amor-próprio. Dona de si. Porque não é fácil abrir a porta e sair pra morar na vida de alguém.

beijo querida minha cheia de luz!

Fernanda Curcio e Leonardo Macedo disse...

Eu acho que a solidão é subestimada.É tão reconfortante ter suas próprias asas...o que diferencia é quando se encontra alguém para dividir a vida.Você não imagina a existência sem o ser amado, e isso é lindo...essa dependência natural do amor, sem pressões e procuras pela necessidade de ter alguém a qualquer custo.

Fernanda