domingo, 8 de maio de 2011

"Eu sou essa gente que se dói inteira, porque não vive só na superfície das coisas."

 Eu não tenho medo do amor.Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele. Amar quem teme o amor é como se apaixonar por uma sucessão de desistências.(Marla de Queiroz)

8 comentários:

Carol disse...

A gente cresce, mas a gente sofre.
ufa!


beijoca

♪ Sil disse...

Eu sou apaixonadaaaaaaaaaaaaa pelas palavras da Linda Marla!

Belo post RÔ!

Um beijooo!

Natália Rocha disse...

Lindo!

Também sou dessa gente, que se machuca mas que não deixa de sentir.

Beeijo, Rô, queridona!

saudades daqui*

Lidi disse...

Lindoo!
tbm tenho medo disso!!!
beijos!

Ciara Gomes disse...

Os medos fazem parte do nosso crescimento, temos que tentar não endurecer com eles.

Bela frase...

Xerim

Ludi disse...

Eu não sei se tenho medo do amor... afinal, tristemente, nem sei se acredito mais nele! Beijão!

@_llazy disse...

Lindo, lindo, lindo! *.*
O importante é no fim não deixar de acreditar no amor.
Beijo

Talita disse...

Olá andei meio distante do mundo dos blogs, mais agora estou voltando, aproveitando o tempo livre para deixar um beijo e desejar uma linda e abençoada semana!!

Fique com Deus, boa noite, bjuss
Tata
http://tatapalavrasaovento.blogspot.com