quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Despertar...

O que prevalece agora é essa maneira nova de sentir a vida.
Essa perspectiva que me faz admirar, incansáveis vezes, antigas preciosidades.
Essa vontade de bendizer tantas maravilhas.
Esse sentimento de gratidão pelas coisas mais simples que existem.
Esse jeito mais amigo de ouvir meu coração.
O que prevalece agora é essa apreciação mais desperta,
que me permite reinaugurar flores e céus e pessoas no meu olhar.
Essa graça que encontro, de graça, nos detalhes mais singelos.
O que prevalece agora é a confortável suposição de que, por trás de tantas e habituais nuvens, esse contentamento faz
parte da nossa natureza.
Os problemas, os desafios, as limitações, não deixaram de existir. Deixaram apenas de ocupar o espaço todo

11 comentários:

Alê disse...

Ana sempre é terna, e doce

Bjkas

Luiza Fernandes disse...

Os problemas nunca deixam de existir, mais mesmo com tantos problemas o melhor é tentar melhorar as coisas, colorir cada vez mais o cotidiano e viver sem tantas limitações!
Beijos!

Camila Sanches e Amanda Sanches disse...

desocupar espaços, para coisas boas e novas ocuparem!

http://oamorhadevencer.blogspot.com/

Daniela disse...

é preciso para só de olhar para os problemas ...a vida é doce e tem coisas acontecendo o tempo todo é só se permitir que as coisas acontecem .

Belo posto . Adorei !

Beijos :)

Karina disse...

Oii!! Brigada pela visita, adorei seu cantinho tbm!
Mudei de endereço, agora to no www.umakarina.tumblr.com
bjo

angel red disse...

Lindo!! Me identifiquei demais com o texto, fala mt do meu momento atual. Adorei1 :)

Bruna dos Anjos disse...

adorei teu blog..
já to seguindo
se gostar segue tbm:
http://enredodeideias.blogspot.com/
beeijo

Jhenyffer Andrade disse...

Lindo é dar valor ás pequenas coisas da vida..
Abraços.

Fernanda Lucena disse...

Incrívelmente lindo essa delicadeza de se contentar com coisas singelas . Sorrisos pra você (:

Naty Santos disse...

E só depende da gente,fazer com que esses problemas desocupem mais o nosso espaço!

beijos e bom fds.

Natália Rocha disse...

E que prevaleça sempre né, Rô, essa nossa vontade de adoçar as amarguras todas do nosso cotidiano.

Vir aqui me faz tão bem.

Saudades imensas, Rô!
Os estudos andam tomando meu tempo, rs. =/

um beeijo!